Igreja Cristã Maranata já possui mais de 5 mil templos no mundo

A Igreja Cristã Maranata é resultado de diversas reuniões entre protestantes tradicionais, na década de 60. No início, seu primeiro nome era ‘’A porta’’, porque as pessoas faziam os cultos dentro de um apartamento. Mas em janeiro de 1968, no bairro da Toca, em Vila Velha, nasceu oficialmente a Igreja Cristão Maranata.  ‘’Maranata’’ que por sinal não foi escolhido atoa. Paulo a utilizava muito na Bíblia com o intuito de alertar as pessoas sobre a volta de Jesus. Por conta disso, a palavra Maranata se fez presente no nome da ICM pois é um importante chamado e lembrete do arrebatamento.

O primeiro presidente da Igreja foi Manuel de Passos Barros e com ele crescimento da ICM no Brasil pôde ser notado especialmente nos estados de Minas Gerais e Espirito Santo. A instituição se autodenomina como uma igreja sem fins lucrativos. O Presbitério Espírito-Santense, localizado em Vila Velha, é o responsável pela gestão das filiadas. E através do Presbitério Espírito-Santense que os centros conhecidos como ‘’Maanains’’ (acampamentos de anjos), destinados a confraternizações e retiros dos fiéis são mantidos. Nestes eventos os pastores ministram aulas, louvores são entoados e há um estudo conjunto da bíblia.

Através da ‘’Missão Internacional Cristã Maranata’’, a igreja atua em vários países da Ásia, América, África e Europa. Atualmente, a igreja conta com mais de 5,5 mil templos no país e no mundo. A crença da ICM é baseada em todas as doutrinas presentes no Velho e Novo Testamento da Bíblia, com atenção especial para a Trindade (Deus Pai, Filho e Espirito Santo) e ao plano de salvação por meio da graça.

A mensagem da igreja é simples: divulgar a Obra que o Espírito Santo realizará nesses momentos finais, revelar que o Senhor Jesus está vivo, sua presença é verdadeira e que Cristo está Cristo está preparando a sua Noiva (igreja) para o arrebatamento.

A ICM realiza cultos diários, com exceção de sexta-feira, nesse dia os cultos são feitos nos lares dos membros. O horário dos cultos de segunda-feira a sábado é o das 19:30h. Domingo há dois cultos: um pela manhã às 10:00h e o tradicional às 19:30h. A duração dos cultos varia de 30 a 40 minutos.

 

Crédito: Gabriel Neves Evangelista